Media, recognition and constitution of subjectivity

Author: Campanella, B., & Magalhães, J.C
Published in: Contracampo: Brazilian Journal of Communication, 38(2)
Year: 2019
Type: Academic articles
DOI: 10.22409/contracampo.v38i2

O reconhecimento é um dos conceitos mais importantes e negligenciados nas ciências sociais e na teoria política. Desenvolvido pelo teórico alemão Axel Honneth a partir do pensamento de G. W. F. Hegel, o conceito sem dúvida carrega uma pesada bagagem filosófica. Contudo, através do desenvolvimento prático das ideias inovadoras e profundas de Hegel sobre a natureza relacional da vida humana, o conceito de “reconhecimento” – isto é, a necessidade dos seres humanos de reconhecerem-se mutuamente como entidades que podem ser livres e o necessário comprometimento com essa ideia – proporciona um alicerce crucial para uma abordagem mais rica do que a democracia pode – na verdade, deve – envolver para ser digna do nome.

Visit publication

Publication

Connected HIIG researchers

João Carlos Magalhães, Dr.

Wissenschaftlicher Mitarbeiter: Die Entwicklung der digitalen Gesellschaft


  • Open Access
  • Peer Reviewed